quinta-feira, 5 de abril de 2018

Palavras que sabem dançar

Há pessoas que brincam com as palavras como se fossem plasticina. Parece que são donas de uma caixa com uma paleta infinita. Abrem-na com aquele sorriso de criança grande, arrancam um pedaço de uma cor assim à sorte e apertam-no entre os dedos e rebolam-no entre as palmas das duas mãos e dão-lhe diferentes formas. Depois juntam-lhe mais um pedaço de outra cor e misturam-no e entusiasmam-se porque já estão mesmo a imaginar que aquilo vai acontecer repetidamente, até criarem uma coisa assim super bonita para a qual todos vão olhar com olhos bem abertos de espanto. E há pessoas que brincam com as palavras como se fossem plasticina e ainda as põem a dançar. Nesta brincadeira de arrancar pedaços, rebolá-los entre as palmas das duas mãos, apertá-los entre os dedos e dar-lhes diferentes formas, tornam as palavras mágicas porque fazem com que dancem sozinhas ao som da música. Podem não acreditar, mas conheci uma pessoa que brinca com as palavras como se fossem plasticina. E sabe pô-las a dançar ao som da música e tudo. 


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial